Homilética

“Há poder no amor” (Sermão de Michael Curry no casamento real)

No dia 19 de maio de 2018, casaram-se o príncipe Harry com a atriz norte-americana Meghan Markle. Essa união, por si só, já era marcada por uma mudança impressionante na tradição da família real britânica. Primeiramente, Meghan era uma mulher separada de um primeiro marido; segundo, ela é uma afro-americana. Vejamos só, um integrante da família real britânica, cuja política imperialista explorou a África, casa-se agora com uma afro-americana. O que pode proporcionar um evento tão inusitado, se não o poder do amor?

Foi justamente isso que evidenciou de maneira indireta o sermão do Bispo Michael Curry, primeiro afro-americano a ser Bispo-Presidente da Igreja Episcopal dos EUA, ramo da Comunhão Anglicana nos Estados Unidos. A mídia noticiou, inclusive, que o Bispo  teria roubado a cena do casamento real, com seu eloquente sermão, em que citou o livro bíblico de Cântico dos Cânticos, o pastor batista Martin Luther king Jr., o spiritual negro Há um bálsamo em Gileade e o padre católico-romano Teillard Chardin.

Se você não viu o sermão na televisão, pode lê-lo aqui: HÁ PODER DO AMOR (Sermão do Bispo Michael Curry)

1260457_360730
Créditos da foto: http://www.domtotal.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s