Histórica

Uma Igreja Anglicana em Feira de Santana

Ao dizer qual é a minha igreja, duas reações são comuns: ou as pessoas perguntam: “angli… o quê?” ou elas dizem: “Eu não sabia que há igreja anglicana em Feira de Santana. Pois bem, este post é para dizer: “Sim, há uma comunidade anglicana na Princesa do Sertão e o seu nome é Missão Anglicana Ressurreição do Senhor”.

No dia 17 de outubro de 2015, reuni algumas pessoas em minha casa para orarem pela primeira vez o Ofício da Tarde, conforme o Livro de Oração Comum (LOC), e, ao final da oração, lancei a proposta de começarmos uma comunidade anglicana. Desde então, passamos a orar junt@s em nossas residências, até o dia em que inauguramos o primeiro templo provisório (uma sala comercial) em 16 de abril de 2017 (Domingo de Páscoa), situado à Rua Dr. Araújo Pinho, n. 1230, em frente ao Casarão Olhos D’água, no bairro homônimo. Era uma iniciativa tímida, mas segura, para darmos prosseguimento à experiência de fé que vínhamos vivendo nos lares.

Dispomos o espaço litúrgico em forma de círculo (a mesma disposição de quando celebrávamos nas casas) e isso terminou por se tornar uma marca da comunidade. Não uma contingência da arquitetura, mas uma forma de ser. E por esta forma, expressamos a nossa sinodalidade, onde espera-se que todos tenham espaço e voz, e todos os rostos sejam vistos… contemplados, como é próprio da eclesiologia anglicana.

Não cabia na mente das pessoas a ideia de que uma igreja histórica iniciasse sua missão de maneira tão precária. Por termos sido colonizados por portugueses, acostumamo-nos à exuberância católica romana (mesmo as igrejas evangélicas), de modo que estranhamos as “bibocas de Deus”, sem glamour e com um número reduzido de fiéis, como mais facilmente vemos nas igrejas de bairro, geralmente de matriz neopentecostal. Mas como disse o próprio Jesus: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali eu estou no meio deles” (Mt 18:20). Desse modo, vivemos nossos dias naquele endereço, cônscios da presença de Jesus em nosso meio e certos de sermos uma comunidade.

E novas pessoas começaram a chegar, uma vez que saímos do espaço privado dos lares para o espaço público (e fixo) de um templo. Cada pessoa nova, uma nova história… sempre de recomeço ou de retorno a si, de reencontro com a igreja cristã, de reconstrução do entendimento de fé. Cada um(a) ciente da eleição de Deus: “Não foram vocês que me escolheram, mas fui eu que os escolhi, para que vão e deem fruto e esse fruto permaneça” (Jo 15:16); e esta consciência fez da comunidade um ambiente maduro de fé. Recordo-me de dois lindos testemunhos (entre tantos outros) que escutei dos irmãos, os quais reproduzo aqui:

Postagem de Marcelo

“Desde o dia que cheguei na Anglicana, né, deu pra sentir uma coisa muito diferente. Eu posso dizer que é a comunidade mais humana daqui da minha cidade, mas tomara que essa seja uma marca da Anglicana não só da comunidade aqui. […] Eu glorifico a Deus pela vida do Rev. Adriano e sua esposa, não é. E eu não tenho críticas, eu só posso dizer que a minha crítica ela é só essa análise: que vocês têm uma beleza que nem vocês percebem. Só quem tá de fora pode ver”. (Jeferson Batista)

Esses testemunhos falam por si, dizem do que esses irmãos esperam de uma igreja e do que eles encontraram na comunidade anglicana de Feira de Santana. Não temos glamour, mas somos uma igreja segura para todas as pessoas que conosco estão, as quais, por isso, sentem-se confortáveis e confiantes.

No dia 1º de maio de 2019, mudamo-nos para o segundo templo provisório, desejosos de oferecer projetos sociais para a sociedade e de termos um pouco mais de comodidade em nossa vida fraterna. Estamos aqui, desejosos de sermos uma árvore de mostarda que, embora venha da menor das sementes, serve de repouso para as aves do céu (cf. Mt 13:32).

Fachada do 2° Templo

É isto, se você procura uma igreja para a qual não faça diferença sua classe social, etnia, sexo ou gênero, (já não há judeu nem grego, escravo ou livre, homem ou mulher, porque somos um em Cristo Jesus [Gálatas 3:28]) mas sim a fé que você tem, então seja bem-vindo(a) à Missão Anglicana Ressurreição do Senhor (IEAB).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s