Literária

Meu Anjo (parte V)

Gente, espero que apreciem o 5º capítulo do conto Meu Anjo. O capítulo de hoje leva-nos a refletir que as chances nos são dadas para aproveitarmos. Não podemos desperdiçar oportunidades. Grande abraço!

 

multidao_a

 

Capítulo V

Quando ganhei ânimo para viver a vida – pode ser redundante a expressão, contudo, é a mais cabível – resolvi aspirar um pouco do ar que pairava sobre o jardim de nossa casa. Lembro-me de que a senhora ficou contentíssima com essa minha atitude. Saí, fui até a varanda de casa e vi um envelope posto na roseira que eu tanto amava em nosso belo jardim. Trazia a inscrição: “Para Maria, alguém que tanto amo”.

Peguei-, abri e retirei o bilhete no qual li:

“Amei-te, silenciosamente amei-te! A felicidade sempre esteve comigo simplesmente por amar-te. Mas que loucura, dirão alguns, como se pode ser feliz sem possuir o ser amado? Ah, digo-te, minha felicidade é a tua existência – porque, assim já posso amar-te. Para isso, não preciso possuir-te.

Claro, seria felicidade bem maior tê-la em meus braços, mas isso não importa muito. Não me importa a sua indiferença para com o meu amor; importa-me que eu te ame.

Escrevo-te apenas para despedir-me. Parto daqui a três dias para a África com meus pais, e não queria ir-me sem ao menos reafirmar o que já te disse: Eu te amo com amor eterno – parto te amando!

Ass: Teu Anjo”

A carta datava de dois dias atrás. Isso significava que me restava pouco tempo para encontrá-lo, para falar sobre minha abertura a seu amor. Recoloquei, então, o bilhete no envelope – que trazia inscrito no verso: “De Ângelo, alguém que sempre a amará” – e comecei a refletir: como eu irei encontrá-lo, sabendo tão somente seu nome? Como procurar o desconhecido numa multidão?… sequer o rosto de Ângelo eu conhecia satisfatoriamente!

Saí a procurá-lo imediatamente. Arrumei-me como nunca mais havia feito, coloquei meu vestido preferido, o perfume que havias me dado… preparei-me para um encontro que, não sei como, tinha certeza de acontecer.

Primeiramente, divulguei minha procura por Ângelo no Orkut, coloquei chamadas nas emissoras de rádio da cidade e anúncios nos jornais diários da cidade.

Caminhando pelas ruas, sonhei com o momento em que o encontraria, ensaiei as palavras que diria a ele… deixei que o fascínio por ele nos encontros anteriores brotasse espontaneamente, livre dos medos que me atemorizavam. Temia, por outro lado, ser rejeitada por ele; não me esquecia do vírus que eu portava. Deveras, seria uma grande loucura a consumação desse amor. Pobre de mim, ele não sabia da minha doença, pensava eu, e não entendia a minha indiferença, que era nada mais que uma defesa contra seu amor.

Realmente seria loucura dele aceitar esse amor destinado a ser tão breve. Seria grande sacrifício para ele aceitá-lo… mas bastava a mim dizer a ele que me agradava saber que ele me amava e que até estava aberta ao seu amor. Seríamos muito felizes em saber que éramos amados, ou melhor, que nos amávamos. Mas para isso primeiro teria que encontrá-lo.

Retornei ao local onde nos encontramos pela primeira vez e não o achei, ninguém sequer ouviu falar num tal de Ângelo por ali. Andei pelos arredores daquele lugar e nem sinal encontrei dele. Fui ao cinema no qual o reencontrei outrora e também não estava por lá. Dele, só as minhas lembranças!

Num último esforço, fui ao aeroporto, à rodoviária e ao porto. Fiz com que, neles, anunciassem a minha busca, mas não encontrei Ângelo. Em face ao meu insucesso, deixei-me abater e, desfalecida, chorei meu pranto amargo, lamentando a chance perdida, a graça passada. Não há nada igual à sensação de remorso. A felicidade esteve tão próxima de mim – pensava eu – e eu me pus tão inacessível a ela. Se eu pudesse, ao menos uma vez contemplar a face do meu anjo… esse era meu maior desejo naquele instante.

Leia os demais capítulos:
Meu Anjo (Parte I)
Meu Anjo (Parte II)
Meu Anjo (Parte III)
Meu Anjo (Parte IV)
Meu anjo (Parte VI)

6 comentários em “Meu Anjo (parte V)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s