Teológica

O verdadeiro sentido da Cruz (John Stott)

O renomado teólogo anglicano John Stott, no texto intitulado O verdadeiro sentido da cruz (John Stott), apresenta a morte de Jesus na cruz  mais pela ótica da propiciação que pela ótica da expiação, sem que, no entanto, aquela anule esta.

A ótica da propiciação (hilascomai) está focada na ação de Deus em tirar a culpa do ser humano; já a ótica da expiação (kaphar) foca na procura do ser humano de obter o perdão de Deus.

Não é que Stott queira descredenciar a teoria da expiação. O que ele quer é evidenciar a gratuidade de Deus, a iniciativa do Transcendente, por isso, num dado momento do texto, ele afirma: “Deus não nos ama porque Cristo morreu por nós; Cristo morreu por nós porque Deus nos amou”.

john-stott-7-whitehead-cropped

John Robert Walmsley Stott foi um clérigo anglicano, nascido na Inglaterra em 1921 e falecido em 2011. Como teólogo, escreveu mais de 40 livros, sendo o mais famoso deles Cristianismo básico, que foi traduzido para 60 línguas e teve mais de 2 milhões de exemplares vendidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s