Homilética

Homilia de Corpus Christi (2010)

A Eucaristia é, sem dúvida, um dom inestimável. Deve ser honrada com toda a dignidade. Todavia, a honra dada à Eucaristia deve estender-se à vida, imitando Aquele que a instituiu e o que ela significa. Por isso, a Solenidade de Corpus Christi deve servir de estímulo para que também demos de nós mesmos, a exemplo de Jesus e como nos inspira o sentido da Eucaristia.

É sobre isso que fala a  Homilia de Corpus Christi (2010) que proferi na Matriz da Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Mar Grande).

corpus-christi“Meus irmãos, que coisa bonita é a comunidade que sabe amar a Eucaristia! Mas que coisa mais linda ainda é uma comunidade que sabe viver a Eucaristia! Não basta que adoremos a Eucaristia, temos que praticar a Eucaristia! Daqui a pouco sairemos em procissão honrando a Eucaristia, o Corpo e o Sangue de Cristo, procissão de Corpus Christi. É louvável fazermos isto, mas não terá sentido, se este gesto não for estendido para toda a nossa vida. Precisamos saber amar o Corpo do Cristo marginalizado na sociedade, o Corpo do Cristo odiado em nossa família, comunidade e todos os demais lugares em que convivamos; precisamos amar o Corpo de Cristo chagado, adoentado, nos hospitais e em tantos lugares. Se não for assim, isto aqui, este agora, perde a sua razão de ser… é um momento vão!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s