Homilética

Pregação na 9ª Noite do Novenário de N. Sra. do Rosário de Sto. Amaro -2010

 

Minha saudação em Cristo Jesus, meus irmãos, minhas irmãs!

Nesta noite, concluímos o Novenário da Festa de Nossa Senhora do Rosário, que teve como tema central: “Todos os dons conduzem ao rosário: Uma Igreja em Construção” (I Co, 12), já em preparação para a celebração dos 140 anos de ereção canônica da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Santo Amaro, que se deu em 29 de abril de 1871.

Para falar do um aniversário de uma Paróquia (e este é um grande aniversário – 140 anos), nada mais oportuno que falar de uma igreja em construção. Ainda que sejam 140 anos de criação, muito se tem por fazer; estamos em constante construção, porque esta é uma obra para a eternidade! Cumpre que supliquemos ao Senhor que complete em nós a obra por Ele começada!

Contudo, meus irmãos e minhas irmãs, pedir a Deus que complete em nós a obra começada, significa dizer que colaboraremos para que a mesma obra seja completada. Na Igreja, a oração deve ser ação; o dizer deve ser fazer. Moisés intercedeu a Deus pelo povo que fugia do deserto e Deus disse que o povo marchasse. Abrir o Mar Vermelho era com Deus, mas marchar até lá era com o povo. Deus realiza em nós, mas somos nós que devemos fazer pela realização. Não é atoa que o Apóstolo Paulo diz que “Nós somos construtores co Deus” (I Co 3,9). É isto que o tema desta última noite deseja nos recordar: “A Paróquia do Rosário, experiência concreta de Igreja como construção fraterna, animada pelo Espírito, constrói-se pelo dom de cada um: “Sois construção de Deus… cada qual seja bem como está construindo’” (I Co 3,9-10).

A 1ª Leitura da liturgia de hoje (Ef 4,7-16), sábado da 29ª Semana do Tempo Comum, nos ajuda na compreensão de que Deus nos capacita ao ponto de realizarmos a sua obra. Pode até ser uma tarefa árdua – e prolongada ao tempo de 140 anos, inclusive -, “Mas a cada um de nós foi dada a graça, segundo a medida do dom de Cristo” (Ef 4,7).

A Leitura diz ainda que “A uns ele constituiu apóstolos; a outros, profetas; a outros, evangelistas, pastores, doutores, para o aperfeiçoamento dos cristãos, para o desempenho da tarefa que visa a construção do corpo de Cristo, até que todos tenhamos chegado à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, até atingirmos o estado de homem feito, à estatura da maturidade de Cristo” (Ef 4,11-13).

            Deus nos capacita “para o desempenho da tarefa que visa a construção do corpo de Cristo”, que é a Igreja. O Espírito anima a vida da comunidade e a vida de cada um de nós. Com qual dom o Espírito de Deus te capacitou, meu irmão, minha irmã, para construir o corpo de Cristo, na Paróquia do Rosário? A pergunta é importante de ser feita, porque facilmente perdemos a consciência de que somos dons de Deus, que portanto temos dons a colocar em comum, para o crescimento da comunidade de fé.

            O Brasil é um país cristão. 90% de sua população se diz cristã, 71% se diz cristã católica. Contudo, quantos nós temos cá em nossas missas? Quantos nós temos em nossas pastorais? Pouquissímos, em relação ao total! Está amplamente divulgada a postura do “Crer sem pertencer” ou do “pertencer sem se comprometer”. É preciso colocarmos o nosso dom na construção desta Igreja, darmos de nós mesmos, porque tudo que somos é Deus quem nos dá.

            Nos dizemos todos discípulos de Jesus, contudo, somos as vezes como que discípulos passivos. Participamos das missas e só. Ou seja, apenas recebemos de Deus. Como dizemos por aí, para nós existe apenas o “venha a nós”, e ao “vosso reino”, nada. A Conferência de Aparecida nos ajuda a compreender que quem diz ser discípulo de Jesus, deve se entender missionário, porque quem o discípulo é automaticamente missionário. A manhã é o Dia Mundial das Missões e eu convido você, meu irmão, você minha irmã, a fazer uma revisão do seu modo de ser discípulo/a de Jesus. O que você tem posto de si, para construir o corpo de si? O que você tem contribuído na construção da Paróquia do Rosário?

Pe. Adriano Portela

Santo Amaro, 23 de outubro de 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s